Influenzanet is a system to monitor the activity of influenza-like-illness (ILI) with the aid of volunteers via the internet

http://www.influenzanet.info/

Epiwork Logo
Developing the framework for an epidemic forecast infrastructure.
http://www.epiwork.eu/

The Seventh Framework Programme (FP7) bundles all research-related EU initiatives.

7th Framework Logo
Participating countries and volunteers:

The Netherlands 0
Belgium 0
Portugal 1586
Italy 4840
Great Britain 0
Sweden 0
Germany 0
Austria 0
Switzerland 1351
France 0
Spain 1029
Ireland 354
InfluenzaNet is a system to monitor the activity of influenza-like-illness (ILI) with the aid of volunteers via the internet. It has been operational in The Netherlands and Belgium (since 2003), Portugal (since 2005) and Italy (since 2008), and the current objective is to implement InfluenzaNet in more European countries.

In contrast with the traditional system of sentinel networks of mainly primary care physicians coordinated by the European Influenza Surveillance Scheme (EISS), InfluenzaNet obtains its data directly from the population. This creates a fast and flexible monitoring system whose uniformity allows for direct comparison of ILI rates between countries.

Any resident of a country where InfluenzaNet is implemented can participate by completing an online application form, which contains various medical, geographic and behavioural questions. Participants are reminded weekly to report any symptoms they have experienced since their last visit. The incidence of ILI is determined on the basis of a uniform case definition.

Hide this information

Apresentação de novo site SNS24

Apresentação de novo site SNS24

A cerimónia de apresentação do novo site do SNS 24 realizou-se no dia 23 de janeiro, nas instalações do Centro de Contacto do Serviço Nacional de Saúde, em Lisboa, com a presença da Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, e do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Francisco Ramos, do Conselho de Administração da SPMS – Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, EPE e de vários dirigentes da saúde.

O  Presidente da SPMS, Henrique Martins, iniciou a sessão com um agradecimento a todos os presentes, referindo-se ao simbolismo do momento, não só pela apresentação do novo site SNS 24, como «por ser o pontapé de saída público dos nossos projetos de Inteligência Artificial (IA) na Saúde», considerando que esta é uma das áreas que «poderá contribuir para ser um fator de sustentabilidade.»

Quatro projetos de IA, desenvolvidos com entidades parceiras da SPMS, estão em curso. «Caracterizar e reduzir a prescrição inadequada de antibióticos», «Identificação e Previsão de Procura de Urgências Hospitalares», «Derm.AI – Utilização de Inteligência Artificial na Teledermatologia» e «SNS24 PathScout.AI – Utilização de IA e PLN no Serviço de TAE no SNS24» são os projetos que estão a decorrer. Este último vai permitir aumentar a celeridade do atendimento e encaminhamento do doente no SNS24 e, paralelamente, melhorar a qualidade clínica do serviço, através de uma melhor utilização dos algoritmos.

Seguiu-se a apresentação do novo site. Rápido, intuitivo, acessível e inclusivo são os princípios orientadores do site SNS 24, pensado para o cidadão, que tem como grande novidade o avaliador de sintomas. Com um conjunto rápido de perguntas e respostas, o avaliador otimiza a triagem, mas não substitui o telefonema. É uma ferramenta que esclarece e, através da avaliação que é feita, poderá não ser necessário recorrer ao telefone, mas a recomendação poderá ser precisamente para telefonar e conversar com um enfermeiro.

Nesta primeira fase, o avaliador de sintomas centra-se na gripe e, posteriormente, o objetivo é alargar a lista de doenças. Além do avaliador de sintomas, o novo site é um agregador de informação sobre vários temas relativos a saúde publica, vacinação, entre muitos outros.

«Não posso deixar de estar contente» comentou Maria Manuel Leitão Marques no seu discurso de encerramento, após a apresentação dos projetos de IA e do novo site SNS 24. Destacou os ganhos de eficiência gerados com a mudança para o digital, nomeadamente o caso da Receita Sem Papel. Referindo-se ao cruzamento de saberes e tecnologias usadas na IA, transversal a todas as áreas, realçou a importância de usá-la, no setor da saúde, para prevenir, antecipar e «estarmos mais preparados para a resposta.»

Aceda ao novo site do SNS 24 .

Fonte: Portal do SNS (Fonte)

28 de January de 2019 às 20:50