Influenzanet is a system to monitor the activity of influenza-like-illness (ILI) with the aid of volunteers via the internet

http://www.influenzanet.info/

Epiwork Logo
Developing the framework for an epidemic forecast infrastructure.
http://www.epiwork.eu/

The Seventh Framework Programme (FP7) bundles all research-related EU initiatives.

7th Framework Logo
Participating countries and volunteers:

The Netherlands 0
Belgium 0
Portugal 2391
Italy 0
Great Britain 0
Sweden 0
Germany 0
Austria 0
Switzerland 2722
France 7008
Spain 0
Ireland 0
InfluenzaNet is a system to monitor the activity of influenza-like-illness (ILI) with the aid of volunteers via the internet. It has been operational in The Netherlands and Belgium (since 2003), Portugal (since 2005) and Italy (since 2008), and the current objective is to implement InfluenzaNet in more European countries.

In contrast with the traditional system of sentinel networks of mainly primary care physicians coordinated by the European Influenza Surveillance Scheme (EISS), InfluenzaNet obtains its data directly from the population. This creates a fast and flexible monitoring system whose uniformity allows for direct comparison of ILI rates between countries.

Any resident of a country where InfluenzaNet is implemented can participate by completing an online application form, which contains various medical, geographic and behavioural questions. Participants are reminded weekly to report any symptoms they have experienced since their last visit. The incidence of ILI is determined on the basis of a uniform case definition.

Hide this information

Dia Mundial da Saúde

Dia Mundial da Saúde

Assinalou-se no dia 7 de abril, o Dia Mundial da Saúde, data celebrada desde 1950 que coincide com o aniversário da fundação da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 1948, e que este ano é dedicada à diabetes, sob o lema “Vencer a Diabetes” (Beat diabetes). Os principais objetivos da escolha deste tema são aumentar a prevenção, aumentar a atenção dada a este problema e reforçar a sua vigilância.

Segundo o relatório da OMS Global Report on Diabetes, cerca de 422 milhões de adultos em todo o mundo viviam com diabetes em 2014, quatro vezes mais do que em 1980. No mesmo período, a prevalência da diabetes quase duplicou, de 4,7% para 8,5% da população adulta, o que reflete um aumento dos fatores de risco associados, como o excesso de peso e a obesidade.

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge associa-se ao tema do Dia Mundial da Saúde com a divulgação de dois artigos sobre esta problemática, publicados na última edição do Boletim Epidemiológico Observações: "Diabetes na população portuguesa: uma análise do estudo e_COR" e "História familiar de diabetes e outras co-morbilidades em crianças portuguesas com excesso de peso e obesidade: COSI Portugal 2013".

Em 2012, a diabetes foi a causa direta de cerca de 1,5 milhões de óbitos, tendo mais de 80% ocorrido em países de baixo e médio rendimento. A OMS estima que a diabetes venha a ser a sétima causa de morte até 2030.

Existem duas formas principais da diabetes, a tipo 1 e a tipo 2. Pessoas com diabetes tipo 1 geralmente não produzem insulina e, portanto, necessitam de injeções de insulina para sobreviver. Pessoas com diabetes tipo 2, que afeta cerca de 90% dos casos, geralmente produzem a sua própria insulina, mas não o suficiente ou são incapazes de a utilizar corretamente.

A epidemia da diabetes está a aumentar rapidamente em muitos países, com a subida documentada mais alarmante a verificar-se nos países de baixo e médio rendimentos. Uma grande percentagem dos casos de diabetes é evitável. Medidas simples de alteração do estilo de vida demonstraram ser eficazes para prevenir ou atrasar o início da diabetes tipo 2. Manter um peso corporal normal, praticar uma atividade física regular e fazer uma alimentação saudável pode reduzir o risco da diabetes.

Já tinhamos publicado uma notícia prévia sobre o mesmo assunto.

Fonte: INSA (Notícia original),

7 de April de 2016 às 07:06