Influenzanet is a system to monitor the activity of influenza-like-illness (ILI) with the aid of volunteers via the internet

http://www.influenzanet.info/

Epiwork Logo
Developing the framework for an epidemic forecast infrastructure.
http://www.epiwork.eu/

The Seventh Framework Programme (FP7) bundles all research-related EU initiatives.

7th Framework Logo
Participating countries and volunteers:

The Netherlands 0
Belgium 0
Portugal 1875
Italy 5187
Great Britain 0
Sweden 0
Germany 0
Austria 0
Switzerland 2591
France 11948
Spain 1057
Ireland 262
InfluenzaNet is a system to monitor the activity of influenza-like-illness (ILI) with the aid of volunteers via the internet. It has been operational in The Netherlands and Belgium (since 2003), Portugal (since 2005) and Italy (since 2008), and the current objective is to implement InfluenzaNet in more European countries.

In contrast with the traditional system of sentinel networks of mainly primary care physicians coordinated by the European Influenza Surveillance Scheme (EISS), InfluenzaNet obtains its data directly from the population. This creates a fast and flexible monitoring system whose uniformity allows for direct comparison of ILI rates between countries.

Any resident of a country where InfluenzaNet is implemented can participate by completing an online application form, which contains various medical, geographic and behavioural questions. Participants are reminded weekly to report any symptoms they have experienced since their last visit. The incidence of ILI is determined on the basis of a uniform case definition.

Hide this information

Gripenet entrevistado na RTP e Rádios

Logo da RTP Informaçao

Numa altura em que só se ouve falar de gripe, choveram os pedidos de entrevista ao Gripenet pelos meios de comunicação social: RTP Informação, TSF e Rádio Universidade de Coimbra.

A coordenadora executiva do Gripenet, foi convidada a estar presente no programa da RTP Informação Antena Aberta, de terça-feira, 21 de Janeiro, para em directo comentar sobre o surto de gripe a decorrer em Portugal e responder a questões de telespectadores preocupados. Este programa é um espaço de informação interativa, em que se convidam os espectadores a debater um tema que se destacou na atualidade do dia, através de telefonemas e com especialistas do tema do dia no estúdio. Foram 50 minutos com a jornalista Alberta Marques Fernandes onde, entre outros assuntos, se salientou que os dados do Gripenet permitem, por exemplo, estimar que a proporção de pessoas com sintomas gripais a recorrerem aos serviços de saúde é aproximadamente a mesma que no ano passado. A diferença é que nas duas primeiras semanas deste Janeiro, parece ter havido cerca do dobro de casos com sintomas gripais do que no ano passado pela mesma altura, o que resulta no dobro das pessoas a recorrer aos serviços de saúde, e na dificuldade de dar resposta a todos os casos.

Na quinta-feira, 23 Janeiro, foi a TSF que abriu o noticiário das 12h00 com uma reportagem sobre o Gripenet, pela jornalista Sofia Morais, que visitou o Instituto Gulbenkian de Ciência para dar a conhecer os bastidores deste projecto de Ciência Cidadã, 10 anos após a sua primeira entrevista ao Gripenet, aquando do lançamento em 2005. Na reportagem desta semana esteve também “presente” o GripeKid, o super-herói do Gripenet Kids, que é a aplicação interactiva para crianças (6-12 anos) que permite de um modo divertido aprender sobre a transmissão e prevenção da gripe, e ao mesmo tempo ajudar a monitorizar a doença através do preenchimento de um questionário de sintomas simplificado, disponível em http://kids.gripenet.pt.

E porque não há duas sem três, na sexta-feira, 23 Janeiro, é emitida mais uma entrevista sobre o Gripenet. Desta vez no Programa Conselho Científico, novo programa de ciência da Rádio Universidade de Coimbra, por Mariana Alves. Falou-se de como nasceu o Gripenet, de estudos que tem sido possível realizar com os dados obtidos, e da importância de quem se inscreve poder adicionar na sua conta outros participantes, por exemplo filhos ou idosos a cargo, de modo a poder aumentar a representatividade destes faixas etárias, que por si só não reportariam os seus sintomas. Falou-se também da colaboração oficial com o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge iniciada esta época, e do potencial do Gripenet para a monitorização de outras doenças.

Para assistir às entrevistas desta semana ao Gripenet:
• RTP informação: Programa Antena Aberta (21 Janeiro, 14h00)
disponível até 27 de Janeiro, inclusive, via TV Cabo (NOS/Iris - Canal 8 ; MEO - Canal 6), e em breve no site do Gripenet. Reportagem fotográfica já disponível aqui.
• TSF noticiário das 12h00 ; Reportagem sobre o Gripenet (22 Janeiro)
• Programa Conselho Científico da Rádio Universidade de Coimbra (23 Janeiro), aqui

Ana Franco

22 de January de 2015 às 23:15