Influenzanet is a system to monitor the activity of influenza-like-illness (ILI) with the aid of volunteers via the internet

http://www.influenzanet.info/

Epiwork Logo
Developing the framework for an epidemic forecast infrastructure.
http://www.epiwork.eu/

The Seventh Framework Programme (FP7) bundles all research-related EU initiatives.

7th Framework Logo
Participating countries and volunteers:

The Netherlands 0
Belgium 0
Portugal 1877
Italy 5195
Great Britain 0
Sweden 0
Germany 0
Austria 0
Switzerland 2597
France 12202
Spain 1058
Ireland 262
InfluenzaNet is a system to monitor the activity of influenza-like-illness (ILI) with the aid of volunteers via the internet. It has been operational in The Netherlands and Belgium (since 2003), Portugal (since 2005) and Italy (since 2008), and the current objective is to implement InfluenzaNet in more European countries.

In contrast with the traditional system of sentinel networks of mainly primary care physicians coordinated by the European Influenza Surveillance Scheme (EISS), InfluenzaNet obtains its data directly from the population. This creates a fast and flexible monitoring system whose uniformity allows for direct comparison of ILI rates between countries.

Any resident of a country where InfluenzaNet is implemented can participate by completing an online application form, which contains various medical, geographic and behavioural questions. Participants are reminded weekly to report any symptoms they have experienced since their last visit. The incidence of ILI is determined on the basis of a uniform case definition.

Hide this information

EUA preparam vacina quadrivalente

EUA preparam vacina quadrivalente

As habituais vacinas da gripe sazonal contêm três tipos de vírus inertes que se supõem ser os que irão predominar na próxima época gripal (daí se denominar vacina ‘trivalente’). São sempre incluídas duas estirpes de Influenza tipo A e uma de Influenza tipo B. Mas os especialistas norte-americanos em vacinação querem que a vacina contenha não três mas quatro estirpes de vírus (duas do tipo A e duas do tipo B).

Segundo as recomendações da Organização Mundial de Saúde, a próxima vacina contra a gripe sazonal (época 2012/13) incluirá o já conhecido A/California/7/2009 (H1N1) ou vírus da pandemia de 2009 e que esteve na vacina desta época que agora acaba. Mas os outros dois são diferentes: um A/Victoria/361/2011 (H3N2) e um vírus B/Wisconsin/1/2010 (linhagem Yamagata).

Ao decidir a composição da imunização, os especialistas em doenças infecciosas "realizam dezenas de milhares de testes de vírus isolados em todo o mundo e caracterizam-nos em diferentes níveis, para decidir se irão manter os mesmos vírus [da vacina contra a gripe] ou alterá-los ", disse Pedro A. Piedra, do Departamento de Virologia Molecular e Microbiologia e do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina Baylor, em Houston. "É sempre um palpite sobre que estirpes de Influenza estarão a circular no próximo ano”, explicou Piedra.

Seleccionar o Influenza tipo B certo para incluir na vacina é particularmente difícil, porque duas linhagens do vírus B circularam este ano nos EUA. Essa é uma razão porque muitos especialistas em doenças infecciosas apoiam o uso de uma vacina contra a gripe quadrivalente, que poderia incluir duas estirpes de vírus influenza A e duas linhagens B.

Em Fevereiro, os EUA ficaram mais perto de ter uma vacina deste tipo, quando a agência federal do medicamento (FDA, na sigla inglesa) aprovou a vacina quadrivalente da MedImmune FluMist para uso em pessoas com idades entre 2 a 49 anos. É a primeira vacina contra a gripe quadrivalente que a agência aprovou.

"A doença causada pelo vírus influenza B afecta crianças, particularmente os jovens e em idade escolar, mais do que qualquer outra população", disse Karen Midthun, directora do Centro para Avaliação e Pesquisa Biológica, da FDA. "A vacina que contém as quatro estirpes de vírus mais susceptíveis de se espalhar e causar a doença durante a época de gripe oferece uma opção adicional os esforços de prevenção da gripe."

O objectivo da MedImmune é produzir a vacina, de administração nasal, a tempo da época de gripe de 2013/14. A fabricação não deverá levar mais tempo do que produzir a imunização trivalente.

8 de April de 2012 às 06:35