Influenzanet is a system to monitor the activity of influenza-like-illness (ILI) with the aid of volunteers via the internet

http://www.influenzanet.info/

Epiwork Logo
Developing the framework for an epidemic forecast infrastructure.
http://www.epiwork.eu/

The Seventh Framework Programme (FP7) bundles all research-related EU initiatives.

7th Framework Logo
Participating countries and volunteers:

The Netherlands 0
Belgium 0
Portugal 1586
Italy 4840
Great Britain 0
Sweden 0
Germany 0
Austria 0
Switzerland 1351
France 0
Spain 1029
Ireland 354
InfluenzaNet is a system to monitor the activity of influenza-like-illness (ILI) with the aid of volunteers via the internet. It has been operational in The Netherlands and Belgium (since 2003), Portugal (since 2005) and Italy (since 2008), and the current objective is to implement InfluenzaNet in more European countries.

In contrast with the traditional system of sentinel networks of mainly primary care physicians coordinated by the European Influenza Surveillance Scheme (EISS), InfluenzaNet obtains its data directly from the population. This creates a fast and flexible monitoring system whose uniformity allows for direct comparison of ILI rates between countries.

Any resident of a country where InfluenzaNet is implemented can participate by completing an online application form, which contains various medical, geographic and behavioural questions. Participants are reminded weekly to report any symptoms they have experienced since their last visit. The incidence of ILI is determined on the basis of a uniform case definition.

Hide this information

A gripe na Europa

A gripe na Europa

Em França, na semana passada (até 5 de fevereiro), a incidência de doenças respiratórias semelhantes à gripe que chegaram a consulta médica foi estimada em 148 casos por 100.000 habitantes, abaixo do limiar de epidemia sazonal (165 casos por 100.000 habitantes). De acordo com o modelo de previsão baseado em dados históricos, operado pelos Réseau Sentinelles, o nível de atividade da gripe poderá ultrapassar o limiar de epidemia ainda nesta semana. Na imagem, carta da incidência gripal na França continental, para a semana de 30 de janeiro a 5 de fevereiro.

No conjunto da Europa, durante a semana de 23 a 29 de janeiro, foi reportado um aumento da extensão geográfica da gripe por 23 dos 27 países que forneceram dados ao European Centre for Disease Prevention and Control . Na Bulgária, Islândia, Itália e Espanha, onde a atividade gripal foi de média intensidade, as taxas de ILI (síndrome gripal) foram significativamente superiores ao limiar de epidemia e altas percentagens de amostras recolhidas revelaram-se positivas para gripe - variando ente 37,2% e 68,8%. Além destes quatro países, os limiares de epidemia foram apenas ultrapassado na Roménia e Suécia. Dezassete países relataram atividade esporádica, enquanto quatro países não reportam qualquer atividade (Chipre, Dinamarca, Eslováquia e País de Gales); doze países apresentavam tendências de aumento. Portugal tinha intensidade baixa e a tendência era de manutenção.

No conjunto dos países europeus, vírus da gripe foram encontrados em 469 das 1.303 amostras analisadas (36%). Os Influenza A (H3N2) estão a predominar nesta época, mas os A(H1) e B também estão presentes.

5 de February de 2012 às 06:32